bolsa de emprego publico

Bolsa de emprego público. Saiba como entrar para a função pública

Conheça as vagas e oportunidades de recrutamento que existem para entrar na função pública. Saiba mais sobre a plataforma da Bolsa de emprego público ao ler este artigo.

Atualmente as ofertas de emprego para trabalhar na função pública são 195. Estas ofertas da bolsa de emprego público distribuem-se por diversos tipos de oferta, vínculo, carreira, categoria, distritos, organismos, bem como por diferentes níveis de habilitações literárias.

1. Que tipo de funções públicas estão disponíveis

Relativamente às habilitações literárias verifica-se que cerca de 61% das ofertas correspondem ao nível de doutoramento, mestrado ou licenciatura superior. Com particular ênfase para o doutoramento com 60 vagas, dado que se referem às vagas para docentes ou investigadores nas várias universidades do país. Os restantes 49% referem-se às vagas com habilitações literárias de ensino secundário, básico ou outros.

Geograficamente a maior parte das vagas de emprego referem-se ao distrito de Lisboa (com 24%), no entanto, as restantes distribuem-se com alguma homogeneidade pelos restantes distritos. O Porto (9%), Vila Real (8%), Aveiro (7%), Setúbal (7%) e depois os restantes distritos. Existem vagas em praticamente todos os distritos de Portugal.

Os organismos públicos com ofertas de recrutamento disponíveis são dos mais diversos tipos. A entidade com mais ofertas é a Câmara Municipal de Alcácer do Sal com 9 vagas de emprego. Mas existem cerca de 111 organismos a disponibilizar ofertas, entre câmaras municipais, universidades, faculdades, juntas de freguesia, autoridades de supervisão, institutos politécnicos, direções regionais, entidade reguladoras, serviços de ação social, administração regionais, hospitais, escolas básicas e outras entidades.

A maior parte das vagas na função pública referem-se à carreira de assistente operacional (28%) e técnico superior (23%), depois temos também investigadores (11%) e assistentes técnicos (9%). Bem como docentes universitários, especialistas informática, técnico superior das áreas de diagnóstico e terapêutica, enfermagem e funções de fiscalização.

Relativamente ao tipo de vínculo a maioria das funções referem-se a contratos por tempo indeterminado (64%), sendo as restantes de contratos sem termo ou termo incerto.

2. Bolsa de emprego público. Como candidatar?

As ofertas de emprego na função pública são publicadas obrigatoriamente no Diário da República  (versão impressa ou digital) e também na Bolsa de Emprego Público (BEP). Por vezes também são divulgadas nos sites dos organismos públicos, tais como câmaras municipais, escolas, juntas de freguesia ou outros.

A Bolsa de Emprego Publico pode ser acedida no portal BEP, onde pode fazer a pesquisa das funções que estão disponíveis e verificar os requisitos necessários, bem como qual é o procedimento de candidatura para a função que tem interesse. No site BEP existe uma área de Formalização Candidaturas, na BEP, onde está descritos os procedimentos a cumprir, assim como a lista de documentos a entregar. Normalmente é exigido o envio do currículo, certificado de habilitações, certificados de ações de formação ou comprovativos de experiência profissional, e certificado de registo criminal.

Na bolsa de emprego publico, dependendo do organismo, também poderá precisar de preencher um formulário próprio, disponibilizado na página eletrónica da entidade a que se candidata ou junto dos seus serviços. Normalmente, é possível enviar a documentação solicitada por email, mas uma grande parte das entidades continua a exigir o envio em papel, através de correio registado. Há casos ainda em que a candidatura e submissão dos documentos pode ser feita diretamente no site da entidade. Mas o mais importante de tudo é que nada falte e a candidatura seja formalizada dentro do prazo.

Para além disso, existem outras oportunidades na função pública, fora da bolsa de emprego publico. As ofertas de emprego para funções de direção superior na administração central do Estado, ou cargos semelhantes, podem ser consultadas na CReSAP – Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública. A CReSAP é uma entidade pública que assegura com transparência, isenção, rigor e independência as funções de recrutamento e seleção de candidatos para cargos de direção superior da Administração Pública e avalia o mérito dos candidatos a gestores públicos. 

Por fim, conheça mais vagas e oportunidades que temos para divulgar na função pública.

Scroll to Top